63 98114-5757
11/08/2020

ENTREVISTA EXCLUSIVA

Administrador Profissional, Coaching, Hipnoterapeuta e Orientador Profissional

s

Entrevista com A`Eronssaytt Gomes Lima de Oliveira Administrador Profissional, Coaching, Hipnoterapeuta e Orientador Profissional um dos melhores profissionais do Tocantins e do Brasil no âmbito da capacitação e qualificação profissional e empregabilidade, com a realização de mais de 42.000 treinamentos.

1- Qual tem sido seu maior desafio na atual conjuntura?

O maior desafio na atual conjuntura é adaptar-se as novas realidades do mercado na mesma velocidade em que as mudanças acontecem. Meu trabalho era 100% presencial e depois do estado de pandemia declarado pela Organização Mundial de Saúde – OMS em (11/04/2020), 100% on-line.

2- Quais foram suas maiores realizações profissionais?

Ministrar palestras, cursos, conferências e oficinas para mais de 42 mil pessoas, desde que projetei esta visão em 2010. E criar uma empresa de consultoria para elevar o status do trabalho que já vinha desenvolvendo de maneira avulsa ou informal, este foi um sonho realizado em 2012.

3- Como os pretensos candidatos e os próprios colaboradores, devem se portar perante ao COVID-19?

Aconselho aos leitores desta entrevista buscarem a PORTARIA CONJUNTA Nº 20, DE 18 DE JUNHO DE 2020 que estabelece as medidas a serem observadas visando à prevenção, controle e mitigação dos riscos de transmissão da COVID-19 nos ambientes de trabalho (orientações gerais). (Processo nº 19966.100581/2020-51). Nesta portaria estão todas as informações para que as organizações e seus colaboradores, e ou trabalhadores em situação de desempregos se adequem a este novo normal. http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-conjunta-n-20-de-18-de-junho-de-2020-262408085

4- Sempre ouvimos falar que fazer o que se gosta é o caminho para se ter sucesso na carreira. Ser apaixonado pelo que se faz realmente basta?

Depende do que seja seu objetivo final, se: Financeiro, espiritual, social. Etc. Acredito que quando o cidadão realiza uma atividade que ele ama ou pela qual está apaixonado, isto deixa de ser um trabalho no significado original da palavra. Se o objetivo individual for alinhado como objetivo organizacional há um grande percentual de sucesso em qualquer carreira. Oriento aos meus alunos aquilo que Confúcio já pregava aos seus educandos a milhares de anos atrás. “Escolhe um trabalho de que gostes e não terás que trabalhar nem um dia na tua vida…” Confúcio.

5- Sempre o candidato tecnicamente mais preparado é o escolhido para a vaga, ou existem outros fatores decisivos?

Nem sempre é o mais preparado tecnicamente que é inserido em uma excelente oportunidade de emprego, a maioria dos que conseguem a vaga, o mérito vai para o relacionamento com as pessoas mais próximas a organização. De acordo com o estudo da consultoria especializada em gestão de talentos, Right Management, 70% das contratações são motivadas por indicações de outros profissionais. Quanto maior for sua rede de relacionamento, menor será a chance de ficar desempregado por longo tempo.

6- Qual é o melhor momento de pedir um aumento de salário? Existe um prazo determinado para isto?

Não existe um prazo determinado! Você recebe o quanto vale o seu trabalho. Se você acha que merece ganha mais, está na hora de pedir aumento, se não conseguir não deves continuar recebendo o que não merece. Pede para sair, mas lembre-se do seguinte… “Um macaco não larga um galho sem que antes esteja seguro em outro.” Esteja com pelo menos uma outra proposta de trabalho em mão, antes de tomar a decisão.

7- Quais são os erros mais cometidos pelo funcionário recém-chegado na empresa, e pelo que já é veterano nela?

Acomodar-se em todo âmbito, número e grau. O trabalhador que não agrega conhecimentos e habilidades novas todos os dias estão fadados a serem substituídos, antes cedo do que tarde. Todos os dias surgem novos processos de trabalho, novos aparelhos tecnológicos, novos modos de produzirem resultados, e hoje mais do que nunca o seu grau de empregabilidade está intricadamente ligado a quanto você a prende, velocidade que você aprende e aplicabilidade do que você aprendeu.

8- A Vânia, de Palmas diz que adora o seu atual emprego, mas se vê ameaçada por colegas mais novos. Neste caso, cursos de atualização e treinamentos podem servir para ela estar sempre a par das novidades na sua área de atuação, não é?

Sim! Mas primeiro entendas… A única pessoa que pode roubar seu emprego é você mesma. Seu maior concorrente é você mesma. É o treinamento e desenvolvimento contínuo em sua área de atuação ou inúmeras outras que te possibilitem aumentar seu cociente de empregabilidade é que pode dar sustentabilidade neste novo mercado de trabalho. Todo dia devemos aprender coisas novos e testar este novo aprendizado como forma de desenvolver novas habilidades.

9- A Maria Angela, de Araguaína, diz que está há 5 anos na mesma função e não tem perspectiva de crescimento na empresa, porém ela adora o que faz, mas gostaria de crescer profissionalmente e salarialmente.  Devo procurar emprego em outro lugar?

Se você passa mais de dois anos na mesma função em uma organização está se tornando obsolescente para o mercado de trabalho, ainda que goste muito do que faz.  Procure desenvolver outras funções dentro da empresa, se não tiver oportunidade para isto, deve sim buscar uma nova organização que lhe propicie crescimento profissional e aumento salarial.

10- Qual sua expectativa e quais os temas centrais que irá abordar em sua coluna no portal EconomiaBR?

Empregabilidade

Capacitação e qualificação profissional

Orientação profissional

 

A’Eronssaytt Gomes Lima de Oliveira
Administrador,Professional Coaching e Orientador Profissional
 
 
FACEBOOK               
 
 
 

Leia mais

21 de Agosto de 2020

formas de pagamento


©2015/2017 - TDCH - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS